A biblioteca

Foi ali que li meu primeiro livro de mais de 200 páginas, aos 8 anos, me sentindo vitoriosa e, pela primeira vez na vida, especial. Foi ali também que, anos mais tarde, descobri O Senhor dos Anéis, O Mundo de Sofia, e tantas outras histórias, que aprendi sobre a necessidade do silêncio que as palavrasContinuar lendo “A biblioteca”

Morada

Depois de 6567 anos, voltei! Não sei nem por que parei de postar, para ser sincera. A vida às vezes é abstrata demais para sabermos o motivo de tudo. O que importa é que estou aqui novamente e, desta vez, vocês lerão um texto que produzi na minha live de segunda-feira, 11/07, lá na Twitch.Continuar lendo “Morada”

Heroína

Este texto foi escrito no sprint de escrita no meu canal da Twitch em 20/01/2022. Não me lembro mais da prompt, pra variar, mas *acho* que tem algo a ver com a primeira frase. É interessante notar que a maioria dos textos que escrevo por lá são quase que esboços, não necessariamente contos; que poderiamContinuar lendo “Heroína”

É fogo

O texto abaixo não era para ser publicado aqui hoje, pois ainda nem postei todos os que produzi em janeiro e minha intenção era que ficassem em ordem cronológica. Porém, hoje presenciei dois negacionistas/teoristas da conspiração conversando por menos de um minuto e gritei em pensamento: O SER HUMANO TEM DE SER EXTINTO! Como issoContinuar lendo “É fogo”

Intimidade demais

Este texto foi escrito na live na Twitch de 08/01. Pra variar, não me lembro exatamente da prompt, mas estava relacionada ao Schwarzenegger ter salvado o mundo. Fiquem, então, com mais uma das coisas bizarras que minha cabeça inventa em 45 minutos. Eu queria me esconder, mas é impossível. Lá vem aquele mala, cheio deContinuar lendo “Intimidade demais”

Recomeço

Escrevi o texto abaixo na live de 31/12/2021, lá na Twitch. Uma autoficção fora de época com base em uma prompt da qual já não me lembro, mas tinha a ver com realizar algo que prometeu no ano anterior antes do pôr do sol do dia 31. Eu disse que nunca, nunca mais ia passarContinuar lendo “Recomeço”

Um passo adiante

Dando continuidade às publicações dos minicontos que produzo durante os sprints de escrita que faço na Twitch, apresento a vocês o que surgiu a partir do trecho abaixo, tirado de uma música da Marina Sena. Originalmente escrito em 27/12/2021. Vivo em tela viva Tela de cara e coragem Solta esse seu muro E põe osContinuar lendo “Um passo adiante”

Vou ser publicada na Faísca, Brasiiiil!

Oi, gente!Hoje vim falar de coisa boa, mas, desculpem, não é TopTherm™. No início de 2021, decidi ativar o modo “escritora que finalmente entendeu que vai ser rejeitada milhões de vezes antes de receber um sim” e dar um basta à autocomiseração ridícula que me afligia há uns bons dois anos. A primeira coisa queContinuar lendo “Vou ser publicada na Faísca, Brasiiiil!”

Sanhaço vermelho

O texto a seguir foi produzido na live de escrita de 27/12/21. Não me lembro da prompt, pra variar. (E parei para pensar ainda ontem que uso o feminino para me referir à palavra “prompt” enquanto muita gente usa o masculino. Divagação que nada tem a ver com o texto.) O meio do deserto tinhaContinuar lendo “Sanhaço vermelho”

Sonho peculiar

O texto a seguir foi produzido na minha live de escrita na Twitch de 27/12/21. Não lembro exatamente da prompt, mas tinha a ver com um folheto achado no chão e como ele mudou a vida do personagem. Fiquem, então, com um miniconto bem bizarro que saiu das vozes da minha cabeça. Os últimos anosContinuar lendo “Sonho peculiar”