A biblioteca

Foi ali que li meu primeiro livro de mais de 200 páginas, aos 8 anos, me sentindo vitoriosa e, pela primeira vez na vida, especial. Foi ali também que, anos mais tarde, descobri O Senhor dos Anéis, O Mundo de Sofia, e tantas outras histórias, que aprendi sobre a necessidade do silêncio que as palavrasContinuar lendo “A biblioteca”

Publicidade

Morada

Depois de 6567 anos, voltei! Não sei nem por que parei de postar, para ser sincera. A vida às vezes é abstrata demais para sabermos o motivo de tudo. O que importa é que estou aqui novamente e, desta vez, vocês lerão um texto que produzi na minha live de segunda-feira, 11/07, lá na Twitch.Continuar lendo “Morada”

Intimidade demais

Este texto foi escrito na live na Twitch de 08/01. Pra variar, não me lembro exatamente da prompt, mas estava relacionada ao Schwarzenegger ter salvado o mundo. Fiquem, então, com mais uma das coisas bizarras que minha cabeça inventa em 45 minutos. Eu queria me esconder, mas é impossível. Lá vem aquele mala, cheio deContinuar lendo “Intimidade demais”

No espaço

Escrevi este poema (tosco) na live de escrita na Twitch de 07/11/21. A prompt era um desenho (da @tinyowlreads) de um astronauta com um livro na mão, aparentemente sentado em um planeta. Estou publicando aqui porque não tenho mais vergonha de nada. No espaço Em que habito Orbito Fabrico Histórias Sem fim Com fins SobreContinuar lendo “No espaço”

Mágica

Este miniconto foi escrito durante uma de minhas lives de escrita na Twitch, em 03/11/21. A prompt era uma imagem de um cachorro salsicha, como se tivesse sido cortado em espiral e, à frente dele, uma casca de laranja, cortada no mesmo formato, com uma fada em cima. A viagem da imagem gerou a viagemContinuar lendo “Mágica”

A pena

Texto produzido na live que fiz na Twitch em 10/10/2021. A prompt era para escrever um casal na casa dos 60 anos, um encontro às cegas e uma prisão (acho). Não era comum que isso acontecesse no presídio; na verdade, talvez fosse a primeira vez. Mas ali estavam eles, jantando à luz de velas e…Continuar lendo “A pena”

Chaminé abaixo

Interrompo a postagem em ordem cronológica para publicar um miniconto propício para a época, que escrevi na minha mais recente live de escrita na Twitch. Espero que seja uma boa leitura! Uma mulher de 40 anos não deveria acreditar em Papai Noel, disso eu sei. Mas como eu poderia deixar de acreditar, entrando ele todasContinuar lendo “Chaminé abaixo”